O PROGRAMA CAPGESTÃO

.

Em 2018, a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (SEAD), com o apoio da Agência de Cooperação Técnica Alemã (Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit GmbH – GIZ) e contribuição técnica do Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB) realizaram a adequação e validação da metodologia do Programa ATER Mais Gestão1.

Durante a estruturação da metodologia ficou clara a necessidade da integração de novos instrumentos metodológicos para qualificar os prestadores de serviços de assistência técnica e extensão rural (ATER) para este novo tema: a gestão de empreendimentos da agricultura familiar, povos e comunidades tradicionais.

Com o intuito de fortalecer habilidades e capacidades da rede de ATER, tornando o acesso ao mercado mais eficaz e sustentável, e para a melhoria da gestão de empreendimentos, o Projeto Mercados Verdes e Consumo Sustentável, implementado pelo MAPA e a GIZ, com o apoio do Consórcio ECO Consult Sepp & Busacker Partnerschaft e o Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), desenvolveu o Programa CapGestão Amazônia.

O Programa CapGestão Amazônia2 originalmente é formado por seis módulos de capacitação. Os módulos capacitam em temas como a facilitação de processos participativos, a gestão econômico-financeira dos empreendimentos, a análise de cadeias de valor com enfoque em gênero, a regularização sanitária de cadeias chave para os territórios, a diferenciação de mercados e planos de negócios. Cada módulo tem a duração de 40 horas e baseia em metodologias participativas. O Programa segue uma didática alternada no sentido que a prática junto aos empreendimentos enquanto a capacitação ocorre através do que denominamos de intermódulos. Para facilitar professores e técnicos na difusão e aplicação do Programa CapGestão Amazônia, uma série de Guias didáticos foram desenvolvidos3.

O Programa CapGestão Amazônia teve a sua primeira edição (2018-2020), de forma presencial e online, com o apoio do Projeto Mercados Verdes e Consumo Sustentável (GIZ/MAPA/Eco Consult/IPAM) e com vários parceiros na implementação4. O Programa CapGestão Amazônia foi aplicado e refinado em oficinas realizadas em cinco cidades5 de quatro estados da Amazônia (Acre, Amazonas, Amapá e Pará). Numa primeira fase de aplicação foram capacitados cerca de 250 profissionais de 46 municípios vinculados a 59 instituições6 de ATER em seis7 estados da Amazônia. Durante a capacitação houve a assessoria a 69 empreendimentos da agricultura familiar. No total, cerca de 5.000 famílias de agricultores familiares e comunidades tradicionais foram beneficiadas.

A segunda edição avançada do Programa CapGestão Amazônia (2020-2021) foi adaptada para o formato online, também devido à Pandemia da Covid 19. Esta edição contou com o apoio do Instituto Humanize e a contrapartida da GIZ, sob a implementação do IPAM Amazônia. Desta vez, o Programa teve como foco 14 municípios das regiões Sul e Sudeste do Pará. Foram capacitados 91 profissionais de ATER, além de nutricionistas vinculados às Secretarias Municipais de Educação e de Saúde.

Na Amazônia, nesse momento, o Projeto Bioeconomia e Cadeias de Valor (GIZ/MAPA) está dando continuidade ao Programa CapGestão Amazônia em particular também através das seguintes ações: a elaboração de uma série de cinco Estudos de Casos de Negócios Sustentáveis para serem utilizados em parceria com organizações de ensino para que o Programa CapGestão Amazônia seja institucionalizado, incluindo a Rain Forest Business School da Universidade Estadual da Amazônia (UEA).

Atualmente, o Programa CapGestão Amazônia está começando a ser adaptado para o Bioma Cerrado através do Projeto Ceres (Projeto Integrated Sustainable Landscape Management in the Cerrado Biome in Brazil and Paraguay) firmado entre o World Wildlive Foundation (WWF) Holanda e o Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN).

Por Cláudia de Souza (Coordenadora do Programa CapGestão)


 

1 – Programa do Governo Federal Brasileiro que oferece assistência técnica específica para organizações da agricultura familiar (associações, cooperativas e centrais), com base em ferramentas de apoio à tomada de decisão. O programa visa o aprimoramento das diferentes áreas funcionais de um empreendimento: governança, gestão de pessoas, gestão financeira, gestão comercial, gestão de projetos produtivos, gestão socioambiental e conformidade.

2 – Informações completas do Programa CapGestão estão disponíveis em: http://capgestao.ipam.org.br/

3 – Todas as publicações estão disponíveis em: https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/agricultura-familiar/publicacoes/projeto-mercados-verdes-e-consumo-sustentavel

4 – Por exemplo: o Sebrae/AP, UFRA/PA, IFAC/AC e UFAM/AM recepcionaram o Programa em suas sedes.

5 – Rio Branco/AC, Belém e Santarém/PA, Macapá/AP e Manaus/AM.

6 – Instituições de assessoria à organizações econômicas (Associações e Cooperativas) de agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais e de micro e pequenas empresas.

7 – Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Mato Grosso e Rondônia.